segunda-feira, abril 26, 2010

Cortez - A saga de um sonhador



É com um orgulho imenso que convido a todos para o lançamento da biografia Cortez – A saga de um sonhador, (clique duas vezes sobre a imagem para ver melhor), que escrevi em parceria com a socióloga Teresa Sales. A obra narra a trajetória do editor e livreiro José Xavier Cortez, potiguar radicado em São Paulo há 45 anos.

Na infância e adolescência, Cortez foi lavrador, vendedor de secos e molhados e minerador. Entre os 18 e os 27 anos, serviu a Marinha, de onde foi expulso devido a complicações decorrentes do Golpe de 64. Chegou a São Paulo para começar a vida do zero e, nesse contexto tão comum a milhões de retirantes nordestinos, atuou como office boy, lavador de carros, manobrista, auxiliar de escritório, vendedor de loja de autopeças e, finalmente, vendedor de livros.

E como o sertanejo é, antes de tudo, um forte, em meio a tudo isso, estudou à noite, passou no vestibular da PUC-SP e se formou em Economia. De vendedor de livros nos corredores da universidade, se transformou em um dos maiores livreiros e editores do Brasil. Tivemos a sorte (eu e Teresa) de redigir uma biografia que traz à tona um dos personagens mais surpreendentes da história do Brasil recente: um homem que ousou vivenciar a saga de sonhar, a despeito de todos os obstáculos que a vida lhe impôs.

O evento aqui de São Paulo acontece dia 03 de maio, segunda-feira, com horário bem flexível: das 18h às 21h, na Livraria Cortez, Rua Monte Alegre, 1074, Perdizes (esquina com a Rua Bartira, ao lado da PUC). Também lançaremos em Recife, Natal, Currais Novos e Campo Redondo.

Fica aqui o convite!

13 comentários:

Mara disse...

Achei que o post seria "a saga de escrever esta biografia"... hahaha

parabéns, querida!
estarei no lançamento. Como não?

beijo

poesia potiguar disse...

Este post eu escreverei após a "Saga" dos lançamentos, flor! hahahahahha

menina, eu precisaria de um blog inteiro só pra contar os bastidores!

beijos e até lá!

julinho disse...

E eu estarei em Currais Novos, esperando o lançamento!!!

abraço...
inteh +

poesia potiguar disse...

Oi, Julinho!

A gente se vê lá!

Inteh, rapaz! :)

Júbilo Jacobino disse...

Querida Goimar, já falei com você por e-mail e no twitter, mas quero registrar aqui, no seu território, minha expectativa por esse lançamento. Quero abraçá-la e também ao Sr. José Cortez por mais essa parcela cumprida de suas vidas.
Até lá.
Júbilo.

poesia potiguar disse...

Mais uma vez obrigadíssima, Júbilo!

Ficarei feliz demais em ter você por lá!

beijos!

Anônimo disse...

Não sou maniqueísta, mas este é um acontecimento bom. Saudemo-lo !

O noticiário dos dias, o velho roteiro da infelicidade humana : de que me servem nesta hora boa, saber em quantas andam a taxa selic, o número de vítimas ou os bastidores da política nacional ?

Vou aonde a evasão do desinteressante está : nas rosas amarelas - este livro, a história deste homem, a canção do Capiba.

Não sou maniqueísta, mas parabéns é plural de parabem ?

Um abço
WF

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
poesia potiguar disse...

WF,

Seu comentário caminha a mil léguas do maniqueísmo e, quer saber? "Parabem" é, sim, o plural de parabéns. Para todo o poeta. E falando em poeta, olha essa última que li do Manoel de Barros (em seu livro Menino do Mato):

"Nossas palavras se ajuntavam uma na outra por amor e não por sintaxe".

Agora me diga, esse verso não vale o dia, a semana, o mês, o ano?

E vamos caminhando, a mil léguas dos desenganos.

Abraço!

poesia potiguar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Sim, vale o dia, o mês e o ano, e vale também uma rosa amarela.

( Errata ao meu comentário anterior :
no lugar "de de que me servem nesta hora boa, saber em quantas andam...", por "de que me serve, nesta hora boa, saber em quantas andam" )

Um abço.
e parabenses.

Cristina disse...

Parabéns Goimar!!!!

Tenho certeza que terá ainda muita história para contar, depois dos lançamentos....rsrsrsrs.

Beijos e até o grande dia.

poesia potiguar disse...

Oi, Cris!

Com certeza a "Saga" dos lançamentos renderá muitas histórias! Vamos aguardar e, depois, tentar agendar um café para colocar os assuntos em dia! rs!

beijos!