terça-feira, janeiro 29, 2008

Roteiros para um poema



Espelho
Reflexo
Novelo
De lã
A imagem
A trama
A luz
do amanhã
Silêncio
Sonatas
Acordes
De cor
Viagens
No tempo
Em túneis
De amor
Dilemas
Segredos
Lá dentro
Da gente
Cadências
Enredos
São flores
Sementes
Recados
Mensagens
Palavras
Sabor
Poentes
E tardes
O sol
E o calor
A estrela
Cadente
A lua
E o drama
A cama
Vazia
A dor
E a chama
O fogo
Na terra
Suspense
No ar
Cometas
Caindo
No meio
Do mar
No início
Do mundo
No fim
Do oceano
No seio
Terra
É tudo
Um engano
No mais
É a estrada
O passo
O chão
Progresso
Repente
O sim
E o não
No peito
Essa rima
Na morte
O refrão
O corpo
E a alma
Num
Só coração

Goimar Dantas
São Paulo
29-01-08

Um comentário:

Joana disse...

Lindo, lindo...