quinta-feira, novembro 13, 2008

Concertos para a juventude





Mãe é babona mesmo, né? Então... Não seria eu a mudar essa máxima mais velha do que andar pra frente...hehe. Partindo dessa afirmação, trago até vocês uma pequena apresentação do músico aqui de casa. É meu filho Yuri, 12, que tem aulas de bateria há dois anos, uma vez por semana.

Porém, só no último mês de junho, meu superstar ganhou sua bateria eletrônica de aniversário e pôde começar a se exercitar mais entre baquetas, pratos, bumbos e afins. Olha, eu trabalho em casa, num minúsculo escritório que fica ao lado do quarto dele, mas juro de pés juntos que não me incomodo quando ele começa a tocar. Ao contrário, adoro (!) e, sempre que posso, páro uns minutos e vou até lá babar mais de perto... Esse vídeo foi feito numa dessas "paradas" em que a baba escorre. A música é "Toxicity", da banda "System of a Down".

Bem, gente... Eu sou suspeita, claro... Mas, vamos combinar: ele não é tudo de bom?
A idéia é que daqui a uns anos eu largue essa vida de operária do texto e possa acompanhá-lo em algumas turnês pelo mundo...rs! Nada mal, hein? Afinal, já fiz assessoria de imprensa pra tanta gente, por que não faria para o meu astro do rock?

Ai, ai... Quem sabe?

8 comentários:

Cássia disse...

O Antônio já está dormindo, então tomei a precaução de abaixar bem o volume do vídeo para que ele não acordasse com o show, hehehe.
Está o máximo!!! Esse menino é um polvo??? Parece que tem 8 braços!
E o uuuu huuuuuu foi demais.
O vídeo terminou e eu fiquei aqui, sozinha, pensando no dia em que meu Toniquinho for um moço desse tamanho querendo tocar bateria ou guitarra, namorar, sair sozinho (ai meu deus)... Bem, ainda teremos uns 8 anos de infância - tudo tem seu tempo.
Beijinhos,

Zilmara Dahn disse...

Mas não há absolutamente NADA, como um dia após o outro.

Fiquei aqui me lembrando do mesmo Rock pesado que eu ouvia e hoje o Yuri toca, e da cara de nojo que vc fazia quando eu colocava meu pobre vinil dos Sex Pistols.

A gente paga a língua mesmo.O mais INACREDITÁVEL é vc filmando tudo, empolgadíssima.

O bom é que o menino puxou a tia.E eu tô rindo aqui,bem quietinha,com um gostinho de "que coisa,hein?"

rsrsrs

poesia potiguar disse...

Cássia, que fofo seu comentário. Tenho certeza de que Toniquinho vai mandar muito bem em qualquer coisa que ele escolher fazer. quanto aos namoros, saídas e afins... Realmente, é outro parto...heheh eu já ando tendo várias mostras disso e a coisa não é mole, não!

Beijos!

poesia potiguar disse...

Querida irmã,

não acredito que você está comparando a virtuose do "MEU FILHO" com aquela banda chinfrin de nome "Pistolas sex"! Humpf! Tome tento, meu bem! Yuri é muuuuuuuuuuuuito melhor!!! hahahhaahahah

outra coisa: Mau-mau mandou dizer que você se esquece de que o menino tem pai...rs!

bjs!

Zilmara Dahn disse...

Meu Deus, é verdade!

Como pude me esquecer do Maurício nesse processo!

a memória é uma coisa ingrata.O gosto do menino também se deve ao pai, que aliás, foi quem me apresentou várias bandas de rock, inclusive a "chinfrim", Sex Pistols. Fica aqui minha homenagem ao Maurício, e meu eterno agradecimento pelo meu destino e do Yuri de não usar abadá e não descer até o chão.

Orlando disse...

Olá Guiomar,
Bom dia!
Sabia que o Yuri é o segundo "roqueiro" filho de amigos que possuo? No Senac de Bauru tive uma amiga, a Maria Lúcia. cujo filho tornou-se baterista, dos bons segundo ela: assim como o Yuri.
Pois bem: prometo, se o Yuri quiser, claro, levá-lo a conhecer todo o pessoal da percursão da OSESP; diga a ele que tem inclusive um percursionista que é "motoqueiro" dos bons.
Um beijão em todos vocês, de quem gosto muito.
Orlando.

poesia potiguar disse...

querida irmã,

a memória é mesmo ingrata porque não sei do que você está falando... Aqui em casa ninguém nunca usou abadá e nem desceu até o chão... Outra coisa: foi o Maurício que te apresentou os chinfrins??? Meu Deus!!!! Não é que a tal a memória realmente é seletiva???? Só me lembro dele da fase Barão Vermelho pra frente...(hehehehehe).

Bjs

poesia potiguar disse...

Oi, Orlando!!!

Obrigada pela ilustre visita! Puxa, que maravilha da proposta a sua! Tenho certeza de que Yuri vai adorar!

Quando ele chegar da escola contarei a ele! Sem dúvida ele quererá conhecer seus amigos (especialmente o percussionista motoqueiro...rs!)

Um superbeijo pro senhor e outro pra Dona Eva!