sábado, março 21, 2009

Caiçara do Rio do Vento


Acima, a cidade de Caiçara do Rio do Vento, em foto inspiradíssima de Márcio Carvalho.



Descobri que lá no Rio Grande Norte,
estado onde nasci,
existe uma cidade cujo nome é Caiçara do Rio do Vento...

Ah... Como eu queria ter vindo ao mundo nesse lugar com nome de poesia!

Imaginem só o diálogo:

“-Oi, tudo bem? Você é de onde?
-Eu? Eu sou de Caiçara do Rio do Vento...”

Aposto um cheiro de chuva:
quem nasce lá, já vem ao mundo sabendo nadar!
Toma sol no mato,
escorrega no arco-íris,
vive de brisa,
salta no tempo,
brinca de ler pensamento.

Deus do céu...
Ainda hei de fazer um poema
sobre uma moça morena
que queria ter nascido Caiçarense...

À beira das águas de um Rio
que recebe, todos os dias,
o beijo do Vento.

Goimar Dantas
(Natural de Santa Cruz/RN)
Em São Paulo, 17-03-09

15 comentários:

Anônimo disse...

Que barbada de aposta que todo mundo ganha : você, um cheiro de chuva, no momento em que apostou um cheiro de chuva; e a gente, a beleza do texto.

Maravilha.



W. F.

Anônimo disse...

Há quem diga que não há fotografia sem legenda! Essa foto de Caiçara do Rio do Vento, além da imagem em si, acoplada da criatividade de um rosto soprando, ganhou a mais poética das legendas. Tão poética e tão sublime e tão pungente e tão sensível e sensual, que não fosse a beleza da foto e sua criativade, ela se esmaeceria sobrepujada pelo encanto dos seus versos.
É tão sensível seu poema que me deu vontade de também ser caiçarense.
Nada mais a dizer a não de novo de novo de novo de novo de novo PARABÉNS.
Prof. Leo Ricino

poesia potiguar disse...

W.F:

quando escrevi essa frase: "Aposto um cheiro de chuva" senti o mesmo que Adélia Prado diz sentir quando "recebe" alguns de seus poemas... Ela usa o termo "receber" porque acredita que eles são um presente dos céus. Sinceramente: também eu creio que algumas frases, poemas e textos só podem, literalmente, ter pacto com o divino. A gente é só um canal.

Obrigada pelas palavras e volte sempre!

poesia potiguar disse...

Leo:

quem ama a poesia do jeito que você ama é porque é Caiçarense há muitas e muitas encarnações.

Muita obrigada pela poesia nossa de cada dia. Essa mesma que você admira, ensina e propaga aos quatro ventos (ventos de Caiçara do Rio dos Ventos? Só pode...)

Um beijo!

nana disse...

que delícia, Gói! acho que a gente é um pouco de onde quer ser, sim. beijinhos!

poesia potiguar disse...

Oi, Nana!!!

concordo com você, flor! já me sinto meio Caiçarense desde que soube da existência da cidade de nome tão poético :)

beijo (e venha sempre, que eu adoro!)

Vivianne Pontes disse...

Deus do céu! Que inveja de quem pode dizer "Eu sou de Caiçara do Rio do Vento." É quase que nem dizer: eu nasci de poesia.

Anônimo disse...

Parabéns pela belíssima poesia, a
cidade merece e agradece...
A título de informação: essa fotografia foi feita pelo também poeta Márcio Carvalho, com o propósito de homenagear a mulher caiçarense, ele, um forasteiro apaixonado pela cidade.
Esse homem vem desenvolvendo um trabalho de fôlego, que esperamos se torne conhecido e reconhecido por pessoas sensíveis como você.
Meus parabéns!
Sandra.

poesia potiguar disse...

Sandra!

Muitíssimo obrigada pelas palavras! Fiquei felicíssima em saber sobre a autoria da foto. Vou inserir essa informação agora mesmo!

Você é de Caiçara? Conhece o Márcio? Por favor, agradeça-o por mim! A foto dele foi inspiradora!

Um beijão pra você!

Milton Junior disse...

Mais inspiração do que em uma foto encontra o ser vivente ao conhecer a cidade onde o zéfiro da Serra da Gameleira pode no rosto sentir. Brisa suave que enche nosso rio de frescor e nossos ouvidos de música ao executar a sinfonia dos verdes coqueirais que aqui louvam ao Criador. Nesta Caiçara, singela e humilde, vive um povo de encantadora beleza que o brilho nos olhos mantem, mesmo em árida peleja - não contra os céus nem contra a terra, mas pela paz que sentimos e pelo vento que enriquece todos os dias a vida neste sertão. Ser caiçarense é ver a inocência nos olhos de uma criança. É poder notar nas curvas sinuosas desse rio o mais belo movimento, e só entra neste ritmo aquele que pode dizer: eu sou de Caiçara do Rio dos Ventos.
Milton Jr.

Anônimo disse...

Sou de Minas Gerais terra de magistral beleza, de beleza sem fim, mas, quem conhece Caiçara jamais se esquece de sempre agradecer ao Criador por imensurável e feliz oportunidade. Donde se cerca os ventos como diz os antigos, cerca-se também o Sol, o cheiro da mata com todo seu fulgor, cercam-se ainda a beleza do povo hospitaleiro e o sorriso matreiro, olhar fugaz e cativante destes nativos privilegiados. Nesta lindas terras, impera a ética, o carisma e a religiosidade. Caiçara uma pequena e linda cidade onde DEUS nosso criador certamente se acercou.
Sou de Minas sô, Uai! Potiguar de coração e Caiçarense por opção.

Ronaldo Silva Duarte
Advogado.

Anônimo disse...

Parabéns Milton Junior pelo belíssimo comentário. Somos sabedores das dificuldades desse povo sofredor, porém, nos maravilhamos quando constatamos que apesar de todas as dificuldades destas pradarias,que entre seus habitantes existe gente aguerrida como você, que não mede esforços para consquistar um lugar ao sol, vai longe, muito longe sob as bençãos de DEUS nosso Pai, em busca de cultura, do saber. Suas palavras notadamente demostram que és um intelectual nato, um apaixonado Caiçarense, aquele que deleita nas belezas desta bela terra, de seu lugar.
R.S. Duarte.

Anônimo disse...

Caríssima Goimar,
Sou a Sandra, que te falou sobre a autoria da foto, lembra?
Peço desculpas por não ter entrado em contato há mais tempo. Gostaria que soubesse da existência do Projeto Portal dos Ventos, cujo trabalho em Caiçara vem sendo desenvolvido desde 2007, numa parceria entre comunidade local, UFRN, Escola Agrícola de Jundiaí e USP. A Fazenda São Luis tornou-se um Campus Avançado da USP, abrigando alunos dos cursos de Zootecnia e Engenharia de Alimentos. Em meados de 2009 estivemos em Águas de Lindóia-SP, no Congresso Internacional de Zootecnia, com 8 alunos caiçarenses do Ensino Médio, onde participaram de Palestras, mini cursos, workshops, entre outros.
Caso você queira conhecer um pouco mais sobre Caiçara, e as pessoas que lá vivem e lutam para ver seus sonhos realizados, entre no site da USP - FZEA.
Aproveito a oportunidade para mais uma vez agradecer a sua maneira linda de ver o mundo, e a preocupação em compartilhá-la.
Abraços,
Sandra Salu
ver o mundo e

Márcio Carvalho - Portal dos Ventos disse...

Goimar,

Foto, legenda,
gente alegre, lenda...
Perdoe, poesia,
Preciso falar de tecnologia...
Tempo de construir circunstâncias que humanizam, num mundo que concentra renda e saberes, teimando em isolar legiões de olhos ávidos por igualdade e conhecimento.
Vamos começar, EM JANEIRO DE 2011, a construção da PRIMEIRA PLATAFORMA DE ENERGIA SOLAR CONCENTRADA DE ALTA POTÊNCIA-IBRIDIZADA EM BIONERGIA da América Latina, em parceria com a Agência Aero-Espacial Alemã (DLR), com recursos da ordem de E$ 3.400.000,00 (três milhões e quatrocentos mil Euros)em Caiçara, integrada ao Projeto Portal dos Ventos. Prepare seu Coração Potiguar...

poesia potiguar disse...

Oi, Márcio!

Que notícia boa! Espero que essa novidade traga benefícios para toda a cidade e região. Trata-se de uma iniciativa que, sem dúvida, poderá fazer a diferença na vida da população local!

Obrigada por compartilhar!

Abraços!