sexta-feira, setembro 24, 2010

O som e o sentido



Semana passada, dei uma entrevista para a jornalista Miriam Ramos, da Rádio USP, juntamente com o meu biografado, o editor José Xavier Cortez. O tema foi a biografia Cortez - A saga de um sonhador, que assino em coautoria com a socióloga pernambucana Teresa Sales.

O bate-papo foi delicioso e pontuado por trilha sonora escolhida por mim e por Cortez. Cada um de nós podia selecionar 3 músicas que, na minha opinião, deram um charme todo especial à conversa. Você pode ouvir a entrevista, dividida em dois blocos, clicando aqui.

Sei que deveria ter postado isso antes, mais precisamente no dia em que a entrevista foi ao ar, em 20 de setembro, mas não deu... Estou em um ritmo de trabalho muito intenso e, por isso, só consegui divulgar mesmo no meu Facebook e no twitter (coisa rápida, muito rápida).

A verdade é que ando com uma saudade danada de escrever crônicas e relatos sobre minhas entrevistas para o livro Rotas literárias de São Paulo. Espero que, nos próximos dias, eu consiga voltar a um ritmo de vida um pouco mais tranquilo.

Em tempo: o nome deste post é um plágio descarado do título de um livro do José Miguel Wisnik, um escritor/professor/ensaista que eu adoro :)

4 comentários:

Anônimo disse...

OLA, GOIMAR

PENSAMENTOS, INSONIA NA MADRUGADA.
LEVANTO, LIGO O COMPUTADOR E ACESSO POESIA POTIGUAR. FINALMENTE OUVI A DELICIOSA ENTREVISTA SUA E DO CORTEZ A RADIO USP, E DE QUEBRA OUVI A MUSICA A FLOR UMA MARAVILHA.

UM BEIJO,

DEDE

poesia potiguar disse...

Querido Dedé,

que bom receber você por aqui. melhor ainda é saber que, de alguma forma, eu e Cortez contribuímos para que sua noite fosse um pouco melhor.

quanto à música, vou mandar, por e-mail, o caminho pra você acessá-la sempre que quiser.

Beijos pra você!

CHICO CANINDÉ disse...

VC é do RN? Atraves da Luciene wailand, escrevei uma poesia para o Cortez no aniverssaguas ele.
Bem sou Chico Canindé.
veja http://hydrocidadania.blogspot.com
hidrocidadania@gmail.com

poesia potiguar disse...

Oi, Chico!!

Sou do RN, sim! Nasci em Santa Cruz, mas moro em São Paulo há muitos anos.

Obrigada pela cisita aqui no blog. Quer dizer que você também é um admirador do Cortez? Pois empatamos, viu? Adoro o famoso Zé di Mizaé!

Abraços!